Homem mata mulher e duas filhas dela a facadas no Vale do Caí

Homem mata mulher e duas filhas dela a facadas no Vale do Caí Reprodução / Facebook/Facebook

Foto: Reprodução / Facebook / Facebook

Uma mulher e suas duas filhas foram encontradas mortas a facadas na tarde desta terça-feira, na localidade de Santa Terezinha, interior de Bom Princípio, no Vale do Caí. As vítimas foram identificadas como Márcia Thomé, 32 anos, Jaíne Márcia Thomé Kanapp, 16 anos, e Jeisse Thomé Glockner, 5 anos.

Segundo a Polícia Civil, o criminoso Marcelo Ferreira da Silva de 47 anos é paulista e se apresentou como companheiro de Márcia. No entanto, de acordo com testemunhas, eles estavam em processo de separação. Marcelo é policial civil, mas atualmente atuava como detetive particular em São Paulo e mantinha um comércio de piscinas com ela em Bom Princípio.

Testemunhas disseram que a vítima teria trocado as fechaduras da casa para impedir a entrada do ex-companheiro. Porém, na noite de segunda-feira, Marcelo foi até o apartamento, e a mulher, sem saber que era ele, acabou abrindo a porta.

Uma vizinha relatou a Polícia local que, por volta das 6h20, teria ouvido barulhos de discussão e gritos vindos de dentro do apartamento, mas só foi dar importância quando retornou do trabalho, perto do meio dia e sentiu um cheiro muito forte de gás vindo do local.

A testemunha também contou que chegou a ligar para o telefone de Márcia e bater na porta da vizinha para saber o que estava acontecendo. Estranhando não ser atendida e saber que uma das meninas não tinha ido à escola, resolveu chamar o Corpo de Bombeiros, já no início da tarde.

Ao invadir a casa, os bombeiros encontraram os corpos e Marcelo deitado na área de serviço localizada nos fundos do apartamento. Ele teria suicídio cortando o cano do gás e realizando golpes de faca contra os braços e pescoço.

– A testemunha relatou que o casal brigava muito e que estavam separados a um mês, mas que Marcelo teria ido até a casa de Márcia para tentar uma reaproximação – afirma o delegado Paulo Gilberto Baladão, da delegacia de Bom Princípio

A um jornalista do jornal Primeira Hora de Bom Princípio, o criminoso confessou que a principal motivação do crime foi ciúmes do ex-marido da vítima e pai das meninas.

Segundo o delegado, todas as testemunhas do caso já foram ouvidas e Marcelo deve prestar depoimento ainda hoje.

– Acreditamos em crime passional. Agora só depende da perícia para pormos fim às investigações e decretar prisão preventiva a Marcelo – afirma Paulo Gilberto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: