Mulher mata três bebês recém-nascidos estrangulando-os com cadarço no pescoço das crianças após esconder gestações do namorado que não queria filhos

Uma mulher matou e escondeu os corpos de seus três filhos recém-nascidos para garantir que seu namorado não abandonasse.

Anna Duskiova, de 25 anos, matou seus três bebês porque estava preocupada com a possibilidade de seu namorado poder deixá-la.

A mulher, da República Checa, está sendo julgada acusada de assassinar os filhos – dois meninos e uma menina – logo depois que eles nasceram.

As crianças nasceram saudáveis, mas Duskiova as matou e escondeu seus corpos na casa que ela dividia com o namorado, Daniel Masaryk, de 47 anos.

Mulher mata três bebês recém-nascidos estrangulando-os com cadarço no pescoço das crianças

Dusikova confessou o assassinato e alegou que estava tentando manter o namorado, que não queria ter filhos.

21

Ela disse ao tribunal: “eu estava com medo de perder meu namorado e lhe disse que tinha alguns problemas de saúde e que eu não podia ter filhos.”

A mulher disfarçava sua barriga quando crescia, dizendo a Masaryk que o fato era um inchaço de água ocasionado por um efeito colateral de uma complicação de saúde.

22

Como resultado, Masaryk nunca percebeu ou suspeitou de que ela estava grávida.

O primeiro bebê do Dusikova nasceu em 2013 e, após dar à luz a menina em um banheiro, ela a estrangulou até a morte com um cadarço.

Ela, então, colocou o bebê morto em uma mochila e o escondeu no sótão da casa onde vivia com Masaryk.

Após um ano a mulher deu à luz seu segundo filho, um menino, e o assassinou da mesma forma.

Dusikova teve seu terceiro filho, outro menino, em 2015, mas em vez de matá-lo imediatamente, o escondeu dentro de um saco de comida de seu cachorro.

Em interrogatório à polícia ela disse que após dar à luz o terceiro filho, acabou desmaiando porque tinha perdido muito sangue, e quando acordou o bebê estava morto.

A mulher, então, escondeu a criança no sótão e procurou ajuda médica para conter seu sangramento. Quando chegou ao hospital os médicos perceberam que ela tinha dado à luz e alertaram à polícia depois de Dusikova se negar dizer o que tinha acontecido.

Dusikova, que já tem uma filha e filho de um relacionamento anterior, abandonou sua família para se tornar uma viciada em drogas com Masaryk.

A mulher está enfrentando uma sentença de prisão perpétua pelo assassinato triplo.

Fonte: TheSun

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: