Arquivo mensal: setembro 2015

PM da Paraíba afasta policial após suposta tentativa de sexo com criança

Do G1 PB

Troca de mensagens mostra homem pedindo para tirar a virgindade da filha de sua companheira (Foto: Reprodução)Troca de mensagens mostra homem pedindo para tirar a virgindade da filha de sua companheira (Foto: Reprodução)

Um policial militar do 14º Batalhão de Sousa, no Sertão paraibano, foi afastado na manhã desta quarta-feira (30) após o vazamento de uma conversa por celular em que supostamente ele pede para que a namorada facilite o sexo com duas filhas dela, de 4 e 14 anos. Nas mensagens, o homem pede que a mulher dope as duas meninas para que ele pudesse ter relações sexuais com elas.

De acordo com o major Rômulo Ferreira, comandante do 14º Batalhão, o PM suspeito foi afastado das funções até o fim das investigações. O major confirma que o nome que aparece nas conversas vazadas é o mesmo do policial apontado como suspeito. No entanto, ele não descarta a possibilidade de que seja um perfil falso que busque prejudicá-lo.

A namorada do policial já foi informada de que deve prestar depoimento à polícia nos próximos dias. O caso também está sendo investigado pela Polícia Civil de Sousa.

Na troca de mensagens, o homem pede que a mulher realize um desejo dele. “Vc (sic) terá a chance de me dar a maior prova de amor do mundo… Q (sic) é a sua própria filha”, diz uma das mensagens. Em seguida, ele diz que comprou os remédios e que vai na casa da namorada entregá-los.

Segundo a conversa sugere, os medicamentos fariam com que a menina dormisse e tudo poderia ser feito sem que ela acordasse. “Eu ia acabar com de vez com essa obcessão (sic)”, escreveu.

Na resposta, a mulher reage e fala que faz tudo o que ele quiser, menos dar a virgindade de uma das filhas e pede para que ele pense melhor. Ela ainda diz que não iria se perdoar por isso e que não acredita que o relacionamento tenha chegado a este ponto.

Ainda de acordo com o major Rômulo Ferreira, já foi aberta uma investigação e o homem foi ouvido na manhã desta quarta-feira na corregedoria do 14º Batalhão da Polícia Militar. “Ele foi afastado para preservar a integridade física  [dele] e para que não atrapalhe as investigações”, disse.

Imagens chocantes mostram diferença entre fetos de mães fumantes e não fumantes

Um estudo descobriu que os fetos das mães que fumam são diferentes dos fetos das mães que não fumam.

Dr. Nadja Reissland, do Departamento de Psicologia de Durham, na Universidade de Durham e Lancaster, Inglaterra, que fez parte do estudo, analisou imagens 4D e registrou milhares de minúsculos movimentos no ventre de uma mulher, concluindo que os bebês carregados por fumantes podem ter atraso no desenvolvimento do sistema nervoso central.

A pesquisa piloto foi publicada na revista Acta Paediatrica.

Feto de uma mãe não fumante (foto).

Feto de uma mãe fumante (foto).

Dr Reissland afirmou que “um estudo maior é necessário para confirmar estes resultados e investigar efeitos específicos, incluindo a interação de estresse materno e tabagismo”, mas disse que acredita que os vídeos da diferença no desenvolvimento pré-natal poderiam ajudar as mães a deixar de fumar, o que já se sabe prejudicar as que o fazem.

O coautor da pesquisa, professor Brian Francis, da Universidade de Lancaster, acrescentou: “A tecnologia nos permite ver o que estava oculto, revelando como fumar afeta o desenvolvimento do feto de formas que não percebemos. Esta é mais uma prova dos efeitos negativos do tabagismo na gravidez.”

O estudo envolveu 20 mães, onde quatro fumavam em média 14 cigarros por dia, mas os pesquisadores agora pretendem expandir a amostra.

Fonte: Metro

Vídeo mostra mulher abandonando bebê dentro de caixa de papelão

As imagens do circuito de segurança de uma residência registraram o momento em que um bebê foi abandonado em frente a uma casa, no bairro Boracéia, em Bertioga, no litoral de São Paulo, na manhã da última segunda-feira (28). A criança foi acolhida, recebeu atendimento médico e não corre risco de morrer.

Bebê foi abandonado em uma residência de Bertioga (Foto: Cristiane Jesus/Arquivo Pessoal)Bebê foi abandonado em frente a uma residência de Bertioga (Foto: Cristiane Jesus/Arquivo Pessoal)

O bebê, do sexo masculino, foi achado quando Cristiane Jesus de Oliveira, de 34 anos, chegava em casa nas primeiras horas da manhã desta segunda-feira. Ela notou que havia algo se movendo dentro de uma caixa de papelão. A mulher, então, chamou o marido. O casal acolheu a criança e chamou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência para que o resgate fosse feito.

Nas imagens, é possível ver a provável mãe da criança andando por uma viela do bairro. Em seguida, ela percorreu uma distância de cerca de 100 metros, atravessou a rua e deixou a caixa em meio a um matagal. Poucos minutos depois, a mulher voltou, apanhou a caixa e deixou em frente à casa onde foi encontrada.

De acordo com informações do Conselheiro Tutelar que cuida do caso, Enéias Santos da Silva, o bebê passa bem e não apresenta nenhum sinal de doença. Agora, a criança deverá se recuperar antes do seu destino ser definido.

Segundo o delegado responsável pela investigação do caso, José Aparecido Cárdia, o bebê não nasceu em nenhuma maternidade de Bertioga. A Polícia Civil acredita que o parto desta criança tenha sido feito de maneira clandestina em alguma casa da região. A Polícia continua apurando informações sobre o caso.

Segundo informações, bebê passa bem após ser resgatado (Foto: Cristiane Jesus/Arquivo Pessoal)Segundo informações, bebê passa bem após ser resgatado (Foto: Cristiane Jesus/Arquivo Pessoal)

Menino de nove anos é flagrado roubando celular e diz que pai o obrigava

Do R7 com Record Bahia

A criança disse que mora com o pai em Salvador, e que foi tirado da escola por ele, para ter tempo de praticar os delitosReprodução/Record Bahia

Um menino de nove anos foi apreendido furtando um aparelho celular dentro de uma churrascaria, no município de Feira de Santana, localizado a 110 km de Salvador. De acordo com informações da polícia, a criança disse em depoimento que era obrigada a praticar o crime a mando do próprio pai.

Ainda de acordo com a polícia, o suspeito aguardava o filho do lado de fora da churrascaria e fugiu ao perceber que a criança havia sido flagrada pela polícia. Em seguida, o menino foi encaminhado para a DT (Delegacia Territorial). A criança disse que mora com o pai em Salvador, e que foi tirado da escola por ele, para ter tempo de praticar os delitos.

Segundo o menino, constantemente, ele e o pai viajavam para o interior do Estado para cometer os crimes, e que quando ele não roubava, era agredido pelo homem.

A polícia não soube informar sobre o paradeiro da mãe do menor, que foi encaminhado para o conselho tutelar de Feira de Santana.

Crianças de jardim de infância são chutadas por professora na China

(Foto: Reprodução / Youtube)(Foto: Reprodução / Youtube)
Um jardim de infância em Shanxi, no norte da China, está em maus lençóis após um vídeo divulgado na internet. Nas imagens, uma professora alinhou todos os seus alunos no pático da escola e chutou cada um deles.

A professora, identificada como Yan Hao, foi suspensa depois da divulgação do vídeo em que aparece agredindo cerca de 20 alunos.

O incidente ocorreu no último dia 24 de setembro no Jardim de Infância Zhang Gang. Segundo as autoridades, as crianças foram agredidas por não corresponderem às expectativas da educadora em uma competição de ginástica.

Nas imagens, outra pessoa que trabalha na escola é vista observando a ação da professora. Muitas das crianças chegam a ir para frente com a força dos chutes. Entretanto, a polícia afirmou que nenhuma delas teve ferimentos graves.

A escola foi forçada a pedir desculpas aos pais das crianças e o supervisor, o diretor  e a vice-diretora tiveram seus salários cortados no mês. Um inquérito foi instaurado contra a professora, que deverá responder na Justiça por maus tratos.

Menino de oito anos é abusado sexualmente após beber suco de maracujá e dormir

Do R7

Mãe do menino entrou em contato com o Conselho TutelarDivulgação

Um menino de oito anos foi violentado, enquanto dormia, por um homem que a mãe da criança tinha acabado de conhecer no município de Ilhéus, localizado no sul do Estado. De acordo com informações de Jorge Ferreira, conhecido como ‘Jorge Maravilha’, conselheiro tutelar da região, o caso foi descoberto pelo irmão da vítima.

No domingo (20), a mãe dos meninos e uma amiga dela estavam em uma praça, quando um homem convidou todos para irem a casa dele. Durante o percurso, a amiga da mulher caiu e se machucou. A mãe das crianças levou a amiga ao hospital e deixou os meninos na casa do acusado, que é proprietário de um bar.

De acordo com informações das crianças, o homem ofereceu suco de maracujá para os dois irmãos e eles acabaram adormecendo. O mais velho, de 11 anos, dormiu no sofá e o mais novo foi levado para o quarto do agressor. O menino disse que acordou com os gritos do irmão, empurrou a porta do quarto para ver o que estava acontecendo e viu os dois nus. O homem disse que não estava acontecendo nada e ofereceu dinheiro para que os meninos não dissessem nada. Ainda de acordo com as crianças ao Conselho Tutelar, eles saíram correndo da casa.

A mãe dos meninos passou no imóvel do acusado e perguntou pelos filhos, o homem disse que os meninos já tinham indo embora. Ao chegar em casa, a mulher encontrou as crianças dormindo. No dia seguinte, o irmão mais velho contou o que tinha acontecido para a tia deles que, em seguida, contou para a mãe dos garotos. A mulher entrou em contato com o Conselho Tutelar, foi realizado um BO (Boletim de Ocorrência) e foram solicitados exames de corpo de delito.

O menor foi encaminhado para o psicólogo e para o Centro de Apoio à Família. Já o acusado permanece em liberdade.

Casal estupra menino de 16 anos na frente de filha pequena, que os denuncia à polícia

Um casal foi acusado de manter um garoto de 16 anos de idade preso antes de estuprar a vítima em um ataque absurdo.

O jovem disse à polícia que foi estuprado por Laura Bentley e Jason Schlueter, em sua casa, em Carrollton, Missouri, Estados Unidos. Os filhos do casal dormiam enquanto o ataque aconteceu.

Bentley foi acusada de sodomia, enquanto Schlueter foi acusado de sodomia e estupro após o alegado incidente, que aconteceu entre o final de agosto ou início de setembro do ano passado.

O menino teria dito aos casal que ele não estava interessado em ter relação íntima grupal. Ele alega que Schlueter o segurou enquanto Bentley e uma outra mulher, que tem menos de 21 anos, o estupraram.

Casal é preso após estuprar menino de 16 anos

Um dos filhos mais novos do casal, uma menina de seis anos, disse aos policiais que acordou ao escutar o ataque e foi espancada. Ela presenciou a cena e identificou as quatro pessoas envolvidas no ataque ao garoto.

O julgamento continua.

Fonte: Mirror