Criança de 3 anos morre após abuso sexual

Um fato que abalou toda a população da cidade de Goianésia do Pará, sudeste paraense, foi a morte prematura de uma criança de apenas 3 anos de idade de iniciais L.S.S., o fato ocorreu na noite da sexta-feira (19), quando a menor foi levada as pressas ao Hospital Municipal da cidade, onde os funcionários ao atenderem a menor identificaram inúmeros hematomas pelo seu corpo, sendo levantada a suspeita de maus tratos, com isso, o Conselho Tutelar foi acionado para tomar as medidas cabíveis.

Como o Hospital Municipal já está há quase um mês sem médicos para atendimento, em função a falta de pagamentos dos honorários dos profissionais, os técnicos de enfermagem, ao observarem a gravidade que a criança passava, inclusive com o afundamento da caixa craniana e clavícula fraturada, orientaram a transferência imediata ao Hospital Regional de Tucuruí.

A criança deu entrada no Pronto Socorro do HRT na madrugada do sábado (20) e logo transferida para a UTI infantil, mas, o ao ser atendida pela equipe médica do regional, foi constatado que a menor de 3 anos, que além dos maus tratos a criança também tinha sido estuprada, foi quando a equipe do serviço social do HRT, comunicou a Seccional de Tucuruí o fato, e o diretor delegado Sandro Rivelino, comunicou ao Conselho Tutelar de Goianésia que acionou a Polícia Militar e o delegado Paulo Renato, para realizar a detenção do suposto estuprador da menor.

A guarnição da PM, comandada pela Sargento Mérien, ao chegar à casa localizada na Rua Paraná, 13 B, bairro Santa Luzia, onde reside Francisco Pereira da Cunha, 48 anos, natural da cidade de São Bernado, no estado do Maranhão, para realizar sua detenção, deparou-se com o elemento evadindo-se do local pela porta da cozinha, os policias correram por muito tempo atrás de Francisco pelos quintais das casas dos vizinhos, mas, conseguiram prendê-lo e levá-lo para a Delegacia da cidade juntamente com sua esposa Daiane Santos Silva, eles foram acusados de maus tratos aos dois menores, e Francisco Cunha de abuso sexual a vulnerável D.S.S. de 3 anos, inclusive, com a conivência de sua companheira Daiane.

Segundo informações, o casal de irmãos, o menino de 5 anos de idade de iniciais M.A.S.S. e a menina de 3 anos de iniciais L.S.S., eram deixados na casa dos vizinhos Francisco e Daiane, pela mãe que saía para a fazer programas, os indícios dão motivação que desde o primeiro ano de idade da criança, Francisco Pereira da Cunha já praticava os atos libidinosos com a menor, tudo de conluio com sai esposa Daiane.

Pela manhã do sábado (20), o médico perito do IML esteve no Hospital Regional para a coleta de matéria e exames na criança, haja vista, que Francisco Cunha já estaria com um advogado em Goianésia do Pará, tratando de sua liberdade da cadeia, por este motivo a Polícia Civil, solicitou a realização dos exames na menor, para que não passasse o período da flagrância, mas, infelizmente devido às agressões sofridas, a criança não resistiu e foi a óbito na tarde do sábado (20).

As investigações já enveredaram para além do mal trato a vulnerável, estrupo, passando agora para o crime da  morte da criança, sendo que o casal vai  responder por homicídio qualificado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: