Bebê é morto após discussão entre tio e sobrinha na Bahia, diz polícia

Do G1 BA

Um homem é suspeito de agredir e matar um bebê de um mês após uma discussão com a sobrinha, na manhã desta sexta-feira (6), no município de Barra, região oeste da Bahia. De acordo com informações da polícia, outros três familiares da vítima também foram agredidos. Um pedaço de madeira sujo de sangue foi encontrado na residência onde ocorreu o crime e, segundo a polícia, pode ter sido a arma utilizada para as agressões.

O delegado da cidade de Barra, Mirosvaldo Santos Menezes, que investiga o caso, informou que o suspeito foi preso após denúncia feita pela família da criança na manhã desta sexta-feira. Cerca de 200 pessoas foram até a delegacia em protesto pela morte do bebê. De acordo com a polícia, o suspeito, que é tio-avô da vítima, ainda agrediu a mãe, o pai e a tia da criança. Eles foram encaminhados para um hospital da região.

“Parentes das vítimas informaram que o homem matou o bebê após uma discussão com a mãe da criança, que é sobrinha do autor do crime. Eles ainda informaram que o rapaz havia usado drogas durante a noite toda”, disse o delegado em entrevista ao G1. Após denúncia feita pela família, a polícia prendeu o suspeito em uma rua próximo à residência onde ocorreu o crime. Ele foi conduzido para a delegacia do município.

Segundo Mirosvaldo, 200 pessoas cercaram a delegacia em protesto pela morte da criança e o preso precisou ser transferido. “A saída foi traumática. Os policiais tiveram que conter as pessoas do protesto que queriam matar o homem. A revolta foi muito grande entre os moradores da cidade “, contou ao G1.

As polícias Civil, Militar e a Companhia Independente da Polícia Especial do Semi-árido de Chique Chique (CIPE) tiveram que conter a revolta das pessoas.

Segundo informações de familiares da vítima, há dois meses aconteceu uma outra briga entre o suspeito e a mãe da criança, que teria quebrado o dente do rapaz com um copo. Ainda segundo o delegado, o homem fazia ameaças à família. “Ele vinha ameaçando de matar todo mundo nas crises de drogas”, disse ao G1.

De acordo com informações da diretoria do hospital onde as três vítimas estão internadas, o estado de saúde delas é grave. Elas podem ser transferidas para outra unidade de saúde da região após passarem por exames. O corpo da criança foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Barra (IML).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: