Justiça condena pai acusado de matar filho e forjar acidente de trânsito

Do G1 SC

A juíza Letícia Pavei Cachoeira condenou Luciano Salvador, acusado de assassinar o próprio filho e forjar um acidente de trânsito, a dez anos, dez meses e 20 dias de prisão em regime fechado por homicídio duplamente qualificado. O julgamento ocorreu no fórum de Lauro Müller, no Sul do estado, na noite de quinta-feira (26) e durou 12 horas, conforme informou reportagem do Jornal do Almoço.

O crime ocorreu em uma rodovia estadual do município no dia 21 de junho de 2011. Na época do crime, o menino Lucas Salvador tinha cinco anos quando o pai forjou um acidente de trânsito para justificar a morte da criança por asfixia. O acusado teria cometido o homicídio com uma alça de uma bolsa, e, na sequência, batido o carro que conduzia em um ônibus, caindo em um barranco e colidindo contra árvores.

Quando os policiais atenderam o acidente, Lucas já estava morto no banco de trás. A criança estava sob a guarda dos avós paternos e o homicídio teria ocorrido por ciúmes do acusado em relação ao tratamento que o filho recebia dos avós.

De acordo com o Tribunal de Justiça de Santa Catarina, o réu afirmou que a criança morreu em decorrência do acidente, mas a perícia apontou asfixia compatível com a alça encontrada no veículo. O réu segue desde 2011 detido no Presídio Santa Augusta, em Criciúma, também Sul do estado, em uma cela onde só ficam detentos rejeitados pela massa carcerária.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: