Mãe de menina torturada pelo padrasto é presa em Araçatuba

Do R7, com Rede Record

A mãe da menina que sofreu maus-tratos em Araçatuba, cidade a 527 km de São Paulo, foi presa após a Justiça acatar o pedido de prisão feita pelo Ministério Público. Sara de Andrade Ferreira, de 23 anos, foi presa por policiais civil do GOE (Grupo de Operações Especiais) na casa de parentes.

Entre os maus-tratos, menina de dois anos foi obrigada a comer cebolaReprodução/Rede Record

O caso de tortura envolvendo a filha dela teve grande repercussão e está em trâmite na Justiça. O padrasto, Maurício Moraes Scaranello, está preso desde o começo do mês no “presídio dos famosos” em Tremembé, também no interior do Estado. Ele foi flagrado em vídeos torturando psicologicamente a criança. A mãe segura a câmera em uma das cenas e até ri durante a gravação.

Entre os maus-tratos, a menina foi obrigada a comer cebola, impedida de dormir e vestígios de cola foram encontrados nas partes íntimas da criança.

Sara foi encaminhada à cadeia feminina de General Salgado. A menina continua em um abrigo sob os cuidados do Conselho Tutelar. Uma equipe do Tribunal de Justiça está avaliando o pedido de guarda e as condições do pai biológico e da avó materna da menina.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: