Criança de 4 anos é estuprada e espancada até à morte

 

Banda B
O tio estuprou e a mãe executou: foi o fim do sofrimento de uma garota de 4 anos

A mãe da menina de 4 anos que morreu espancada na manhã desta quinta-feira (27) confessou ter dado socos e pontapés na filha após ter descoberto que ela tinha feito xixi e cocô na cama. Karen Conceição Rodrigues de Lima, 26 anos, está presa na Delegacia de Campina Grande do Sul, na região metropolitana de Curitiba.

“Perdi a cabeça. Dei soco, pontapé, bati muito nela”, disse, friamente, à reportagem da Banda B na manhã de hoje (28). O tio da criança também está detido acusado de abusar sexualmente da criança. Ele disse à polícia que a menina ‘gostava das brincadeiras’.

A menina chegou ao Hospital Angelina Caron com várias marcas de agressão e violência sexual, já sem vida. A agressão aconteceu na casa onde a família mora, em Colombo. De acordo com o delegado Osmar Feijó, que comanda as investigações, os médicos perceberam até marcas de violência sexual no corpo da menina e entraram em contato com a polícia.

A mãe foi levada para a delegacia e confessou que já tinha agredido a criança outras vezes. A menina tem uma irmã gêmea e outro irmão de 3 anos que estão com o pai após a prisão da mãe. O Conselho Tutelar acompanha o caso. “Estou estarrecido com tudo isso. Ela será autuado em flagrante por lesão corporal grave seguida de morte”, disse o delegado Feijó. Embora sem qualquer lágrima, a mãe se diz arrependida. “A gente se arrepende, né, claro”.

Outro depoimento que chocou os investigadores foi o do tio da criança, acusado de abusar dela. “Ele disse que sempre que estava em casa costumava brincar com as crianças, mas a vítima era a que mais gostava da brincadeira”, contou o delegado. Em depoimento ele disse que fazia cócegas na menina e passava a mão nas pernas e no corpo dela.

Disse que não teria ‘tentado pela frente, mas que por trás acontecia de vez em quando’, de acordo com o depoimento. Claudemir do Nascimento Duarte, 30 anos, também está preso e vai responder por estupro de vulnerável.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: