Conselheiro tutelar é afastado do cargo no RS por suspeita de pedofilia

Um conselheiro tutelar de Horizontina, na Região Noroeste do Rio Grande do Sul, foi afastado do cargo nesta segunda-feira (2) por suspeita de pedofilia. Em uma investigação de suposta agiotagem, o Ministério Público do município encontrou na casa do conselheiro imagens de crianças em um notebook. Além disso, também foram encontradas munição, CDs e DVDs piratas.

A investigação teve início após denúncias de que o conselheiro praticava agiotagem junto a integrantes de uma comunidade carente da cidade. O fato ficou comprovado por meio de escutas e cadernetas apreendidas na residência do homem.

Um colega de trabalho do suspeito disse que a notícia surpreendeu a cidade. “Ele estava fechando três anos de mandato. Ele alega que o computador estava como garantia de uma dívida. Mas ele era um colega tranquilo no dia a dia”, disse o conselheiro Antonio Cezar Castro ao G1.

Além da ação pedindo a destituição do servidor do cargo, o MP apura as condutas do investigado sob o ponto de vista criminal. O G1 tentou entrar em contato com o suspeito, mas não obteve retorno.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: