Mãe e padrasto de criança morta são presos por espancamento

Extra

A mãe e o padrasto de Rodrigo Lorran Marins da Silva, de um ano e cinco meses, morto em Vicente de Carvalho, após ser espancado, foram presos no último sábado. Renata Marins da Silva, de 33 anos, e Eduardo Souza da Silva, de 36 anos, estão na 44ª DP (Inhaúma), onde presta esclarecimentos sobre o caso. Eles possuíam mandados de prisão por tortura qualificada.

Após o espancamento, a criança foi levada pela mãe à Clínica da Família, em Tomás Coelho. No local, deu a versão de que o menino tinha se ferido ao cair da escada. Os médicos, entretanto, suspeitaram da história. Com diversos hematomas, ele foi encaminhado ao Hospital Souza Aguiar, no Centro. A criança faleceu com traumatismo abdominal e rompimento do fígado.

Após a morte, o exame de corpo delito confirmou que a versão dada pela mãe era falsa. O bebê sofreu pancadas nas costas e no peito, com instrumento contundente. De acordo com parentes, logo após a morte do menino, em 30 de agosto, Eduardo teria desaparecido. A mãe também teria fugido de casa, deixando o outro filho, de 3 anos, sozinho. O menino ficou sob os cuidados da avó materna.

Leia mais: http://extra.globo.com/casos-de-policia/mae-padrasto-de-crianca-morta-sao-presos-por-espancamento-10942880.html#ixzz34phpameq

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: