Incêndio atinge creche argentina onde bebê foi flagrado amordaçado

Foto publicada no último sábado no Facebook causou comoção nacional. 
Foto publicada no último sábado no Facebook causou comoção nacional. Foto: Reprodução da Internet
O GLOBO,Com agências internacionais

COMODORO RIVADAVIA, Argentina – Um incêndio aparentemente criminoso atingiu uma creche na cidade de Comodoro Rivadavia, na província de Chubut, na madrugada desta terça-feira – a mesma instituição que ganhou as páginas dos jornais argentinos nos últimos dois dias e provocou uma comoção nacional depois da divulgação no Facebook da foto de um bebê de oito meses amordaçado com uma fita adesiva.

Segundo a dona da creche, Johana Paz, o vidro da cozinha foi quebrado e uma garrafa com combustível foi jogada. Fontes da polícia contaram ao jornal “La Nación” que os bombeiros conseguiram apagar as chamas na creche La hormiguita viajera durante a madrugada e que o fogo não causou maiores danos ao local.

– Foi um incêndio de pequenas dimensões, que não afetou as instalações – disse Andrés García, vice-superintendente de Comodoro Rivadavia, acrescentando que a creche não possui câmeras de segurança e, por isso, não foi possível identificar os culpados.

No último sábado, a professora de música Victoria Gauna divulgou no Facebook a foto de um bebê amordaçado e preso à cadeira de alimentação. A creche foi fechada e três funcionárias foram demitidas na última segunda-feira, quando pais se reuniram com autoridades para exigir explicações sobre o que se passava no local. Segundo a professora Victoria Gauna, os maus-tratos às crianças são frequentes.

– Ele estava olhando para o pátio com uma fita (na boca). Naquele momento me ocorreu tirar uma foto. Creio que deveria ter agido de outra forma e chamado a polícia – disse a professora. – Vi algumas vezes crianças serem puxadas pelos cabelos, deixadas sentadas por horas chorando.

Victoria alega ter sido ameaçada pela encarregada da creche, quando esta soube que a professora havia comunicado à dona do estabelecimento o que presenciara.

– Ela disse ter amigos que por 300 pesos podem quebrar os vidros e fazer o que ela quiser. Eu me assustei porque tenho um bebê de 1 ano e não quero que lhe aconteça algo. Fiz mal em não ir à polícia imediatamente – lamentou Victoria.

A própria dona da creche, Johana Paz, denunciou suas funcionárias à polícia após tomar conhecimento do caso, mas sustentou que se trata de um acontecimento isolado. Na última segunda-feira, ela disse que estava sendo ameaçada.

– Recebi ameaças de que irão colocar fogo no meu carro, na minha casa, e que vão matar o meu filho de 4 anos – relatou.

O ministro do governo da província de Chubut, Javier Touriñán, se referiu ao caso como uma aberração e disse que irá trabalhar junto aos municípios da região para que episódios como este não voltem a acontecer.

– Estes fatos produzem a mais profunda indignação, e digo isso não como funcionário, mas como ser humano. É algo que não podemos tolerar – acrescentou.

Leia mais: http://extra.globo.com/noticias/mundo/incendio-atinge-creche-argentina-onde-bebe-foi-flagrado-amordacado-6419116.html#ixzz2YqGBTVS6

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: