Projeto Direito à Inocência fará parte da Jornada!

Governo lança Jornada contra Violência e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Na largada do evento, o secretário Fabiano destacou que é preciso reduzir o número de denúncias – Foto: Pedro Revillion/Palácio Piratini
 
MD_20130618182346_cod23297

A XI Jornada Estadual contra Violência e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes foi lançada, nesta terça-feira (18), em Porto Alegre. O movimento, que reúne Governo do Estado, Ministério Público, Assembleia Legislativa e sociedade civil, como a Fundação Mauricio Sirotsky Sobrinho, é uma ferramenta de articulação de rede de proteção infanto-juvenil.

“Um primeiro movimento que se conseguiu com a jornada foi essa indignação perante à exploração e violência contra crianças”, ressalta o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Fabiano Pereira. Para o titular da pasta, os números indicam que as pessoas estão menos conformadas com a violência. “As pessoas estão denunciando mais. Ou porque antes desconheciam, ou porque havia gente que se vangloriava disso”, explica. De acordo com a SJDH, em 2013 a média é de 10 casos de violência sexual infantil por dia, enquanto que em 2003, era de oito e, em 2011, o número era de 11 casos por dia.

“Temos uma campanha direcionada aos megaeventos, como a Copa do Mundo. Nesta 11ª edição da Jornada, queremos combater a exploração sexual infantil que pode sugir com a grande vinda de turistas”, aponta o presidente da Comissão de Justiça e Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do RS, deputado Jéferson Fernandes.

Em 2012, foram registrados 4,3 mil casos de crimes sexuais contra crianças e adolescentes pela Polícia Civil, uma média de 11,8 registros por dia. Nos primeiro quadrimestre deste ano, o número teve uma leve queda: foram registrados 1211 casos no Estado. Desde o começo de 2013, os órgãos públicos passaram a contabilizar dados sobre pedofilia e pornografia infantil na internet e em outros meios de comunicação, onde já foram documentados cinco casos de pedofilia e um de pornografia infantil.

Operacionalizada por meio de audiência públicas em diversas cidades, que costuma reunir de três a cinco mil pessoas, a 11ª Jornada Estadual contra Violência e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes deve percorrer os municípios de Canoas, Viamão, Bento Gonçalves, Farroupilha, Gramado, Canela e Lajeado, além de Porto Alegre, e deve durar até o final do ano. (Texto: Anna Magagnin, Secom)

Anúncios

Um pensamento sobre “Projeto Direito à Inocência fará parte da Jornada!

  1. alzira.alberton@al.rs.gov.br 24 de junho de 2013 às 1:34 am Reply

    Certamente fará diferença na Jornada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: